A Final Única da CONMEBOL Sudamericana 2021 será disputada no Estádio Centenário, de Montevidéu, no Uruguai, em 6 de novembro. O mesmo palco será a sede da final da CONMEBOL Libertadores deste ano, do dia 20 do mesmo mês.

O Conselho da CONMEBOL decidiu designar a capital uruguaia como a sede das finais únicas dos dois torneios de clubes mais importantes da América do Sul. Devido às circunstâncias excepcionais causadas pela pandemia da COVID-19 e buscando as melhores condições sanitárias possíveis, o Conselho adotou a decisão considerando principalmente a situação epidêmica projetada para novembro. Neste sentido, o Uruguai planeja vacinar uma alta porcentagem de sua população até julho, o que colocaria o país entre os mais seguros do continente nas datas programadas para as finais.

A este critério, somam-se as características do Centenário, verdadeiro ícone do futebol mundial, que permitiriam a presença de um número considerável de espectadores. Além disso, as finais únicas servirão como uma forma de relançamento do estádio, no âmbito da candidatura sul-americana para a Copa do Mundo de 2030. De fato, a Associação Uruguaia de Futebol elaborou um plano de investimento para seu principal cenário esportivo, com o objetivo de chegar a 2030 com uma renovação radical. Também, em termos de capacidade hoteleira e operações de aeroportos, Montevidéu obteve uma alta classificação.

Guayaquil e Brasília

O Conselho da CONMEBOL decidiu designar as sedes das finais únicas da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana de 2022, com base nos relatórios de inspeção e na avaliação técnica da Direção de Competições de Clubes. Assim, as qualificações do Estádio Monumental de Guayaquil o qualificam para receber a final da CONMEBOL Libertadores 2022.

Por outro lado, o estádio Mané Garrincha, em Brasília, tem as melhores condições para receber a definição da CONMEBOL Sudamericana no ano que vem. A designação dessas sedes com um ano de antecedência permitirá uma melhor preparação e logística.