O Defensa y Justicia é o novo campeão da CONMEBOL Sul-Americana! A equipe, comandada por Hernán Crespo, chegou ao seu primeiro título internacional neste sábado, ao vencer a Final Única de Córdoba, na Argentina, por 3 a 0 sobre o Lanús, campeão de 2013. Adonis Frias abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo, em uma bela jogada trabalhada dentro da área rival. Brain Romero, artilheiro com 10 gols, ampliou aos 62 e Camacho fechou a conta, nos acréscimos.

O clube de Florencio Varela, na grande Buenos Aires, passa a ser o 17o a conquistar a Copa, criada em 2002. É o sétimo argentino na galeria de campeões, que já tem San Lorenzo (2002), Boca Juniors (2004 e 2005), Arsenal (2007), Independiente (2010 e 2017), Lanús (2013) e River Plate (2014).

O Defensa iniciou a temporada na CONMEBOL Libertadores, mas acabou classificando-se à Sul-Americana por ter ficado em terceiro lugar do Grupo G, o mesmo do Santos, finalista. Os argentinos, que estrearam na Segunda Fase, eliminaram Sportivo Luqueño (PAR), Vasco, Bahia e Coquimbo Unido (CHI) até a final contra o Lanús. O time de Crespo chegou à Grande Conquista de maneira invicta.

Com o título, o Defensa y Justicia garantiu vaga na disputa da CONMEBOL Recopa 2021. A equipe espera pela final da Libertadores: vai encarar Palmeiras ou Santos na disputa de mais um troféu continental.

Defensa campeón de la Sudamericana